sexta-feira, 15 dezembro 2017
Início / Sustentabilidade / Responsabilidade Ambiental dos Condomínios e Sustentabilidade

Responsabilidade Ambiental dos Condomínios e Sustentabilidade

Miriam Ramoniga Escritora, Palestrante, Advogada
Miriam Ramoniga
Escritora, Palestrante, Advogada
A responsabilidade ambiental é um conceito em construção, no qual, toda comunidade, desde a concepção do projeto até sua execução, têm o compromisso de contribuir para uma sociedade mais justa e um ambiente economicamente viável e sustentável, em que o empreendimento é realizado de forma integrada e inteligente, buscando o uso eficiente de insumos como água, energia e resíduos.

Pode-se citar, ainda, dentro do conceito da responsabilidade ambiental, a prática de ações filantrópicas junto à comunidade, o que significa: mudanças de atitudes, numa perspectiva de gestão empresarial com foco na qualidade das relações e na geração de valores para todos, ou seja, o bem da coletividade.

Os condomínios são agentes responsáveis pelo desenvolvimento econômico que detêm grande capacidade criadora e de geração de recursos. Assim, para que as ações de integração ocorram de maneira economicamente viável e ambientalmente sustentável, faz-se necessário “uma força” em conjunto de todos os participantes engajados, com objetivos comuns, que seja, o bem-estar coletivo.

A preservação do meio ambiente também é possível com a capacitação dos condôminos com o intuito de reconhecerem seus direitos e deveres como cidadãos com a implementação de ações ambientais, sociais e culturais integradas. Através de orientações de profissionais sobre diversos temas, como por exemplo: saúde, educação, cultura, como também para qualificação dos trabalhadores que atuam no condomínio, para que possam participar ativamente das ações desenvolvidas no condomínio que busca melhorias e preservação ambiental, além de, fomentar a economia, conquistar qualidade de vida para geração futura formam-se cidadãos conscientes.

Responsabilidade ambiental dos condomínios é uma nova maneira de conduzir os e gerir as mais diversas situações relacionadas ao meio ambiente, tornando-a parceira e corresponsável pelo desenvolvimento social, englobando preocupações com o coletivo (entre seus condôminos, funcionários, prestadores de serviço, fornecedores, comunidade e meio-ambiente).

A Responsabilidade ambiental nunca se esgota. Sempre há algo a se fazer, sendo um processo educativo que evolui com o tempo. Cada condomínio pode desenvolver projetos em diversas áreas e de diversas maneiras, mas sempre pautado na ética e na ação coerente, entre o discurso e a ação. O Direito não é estático, está sempre em movimento, fazendo parte da engrenagem na Sociedade. A necessidade da modernização nos diversos setores e a conscientização de todos os agentes participantes da engrenagem têm o compromisso com a vida e o bem-estar.

Texto por Mirian Ramoniga/Sammer Othman.

Verifique isso

Cópia de 2009-03-13 17-01-24_0053

Paisagismo em Condomínios

Hoje, paisagismo virou sinônimo de qualidade de vida. Afinal, através de um estudo paisagístico, conseguimos …

Um comentário

  1. Denize Casagrande

    Achei muito interessante a matéria, pois nos faz refletir sobre nossa postura enquanto condôminos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *