sexta-feira, 19 outubro 2018
Início / Manutenção / Limpeza e reparos dispensa esvaziamento de reservatórios

Limpeza e reparos dispensa esvaziamento de reservatórios

A higienização dos reservatórios é uma obrigação do condomínio e a recomendação da Vigilância Sanitária é que a limpeza seja feita semestralmente para garantir a qualidade da água consumida pelos moradores. Já imaginou o síndico poder contratar esses serviços de reparos e limpeza em piscinas, cisternas e caixas d’água sem precisar esvaziar? Os benefícios são inúmeros principalmente para condomínios, dentre eles o fim do alto custo do esvaziamento dos reservatórios, para a realização das limpezas periódicas e até mesmo pequenos reparos.

Segundo o Mergulhador Profissional da empresa Navsub, Duarte Antônio da Cruz Junior, o trabalho é feito com equipamento apropriado de mergulho e roupas esterilizadas e seladas. “Fazemos a aspiração da sujeira das paredes e do fundo com o sistema hidráulico funcionando, sem que os moradores fiquem sem água. Cerca de 20% da água com o lodo e sedimentos é descartada e o sistema é reabastecido durante o processo com as bombas e boias funcionando”, disse ele, lembrando que “o trabalho de limpeza e reparos em rachaduras é transmitido em tempo real, para que os síndicos possam acompanhar as imagens das estruturas submersas e de eventuais acúmulos de sedimentos indesejados”.

Duarte conta que já encontrou desde restos de obra, escadas, baldes e também insetos como baratas e ratos em decomposição. “Estamos falando de água para consumo humano e, mesmo que muitas pessoas não bebam dessa água, ainda assim a utilizam para escovar os dentes, tomar banho, lavar os alimentos, dar banho no bebê. Portanto, sempre existe um contato direto com a água, o que pode ocasionar alguma contaminação”.

Um dos condomínios que aderiu a esse método de limpeza com mergulhadores foi o Costão da Barra na Avenida Atlântica em Balneário. Segundo a síndica Sandra Tasca, “A cada limpeza dos reservatórios era um desafio, pois além do desperdício da água potável que chegava a 75 mil litros, durante o trabalho os aptos ficavam sem água, e sempre acontecia de alguém esquecer uma torneira aberta, o que ocasionava danos já que a maioria das unidades são de Condôminos temporários. Hoje em dia realizamos a limpeza sem a necessidade de esvaziar os reservatórios, ganhamos no tempo e na qualidade, pois já não há a necessidade de envolver todo o Condomínio nessa tarefa, e o trabalho ocorre normalmente”, disse ela.

A manutenção e a higienização de reservatórios de água são essenciais para a eliminação de bactérias, prevenção de infecções e melhora da qualidade de vida dos condôminos. Segundo a engenheira química Silvana Quaresimin, “após a limpeza é feita a desinfecção da água e da tubulação, fazendo uso de dois produtos químicos, registrados na Vigilância Sanitária e com dosagens para que esta água possa estar sendo consumida normalmente. Esta tecnologia trazida dos EUA deu tão certo que municípios catarinenses já estão adotando este sistema para a limpeza dos reservatórios de água que abastecem as cidades”.

Verifique isso

Manutenção em Condomínios Club

Empreendimentos com o conceito de Condomínio Club tem se tornado cada vez mais comum. Com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.