sábado, 19 outubro 2019
Início / Evento / Florianópolis sedia Congresso Municipal de Síndicos

Florianópolis sedia Congresso Municipal de Síndicos

1º Congresso Municipal de Síndicos

Com o objetivo de estreitar o relacionamento entre as secretarias municipais e a classe dos gestores condominiais, a Prefeitura de Florianópolis em parceria com a Escola do Síndico, Secovi e Sindiconde, realizou em agosto na sede do CRC – Conselho Regional de Contabilidade, o 1º Congresso Municipal de Síndicos.

O evento foi muito produtivo ao trazer informações práticas para o dia a dia dos síndicos, e contou com a presença do prefeito Gean Loureiro e de especialistas dos seguintes órgãos municipais: Secretaria de Assistência Social, Pró-cidadão, Fazenda, Vigilância Sanitária, Zoonoses, Floram, SMDU, Comcap, Diope e Ipuf.

Assuntos abordados

Foram abordados temas referentes a coleta seletiva do lixo e a importância dos síndicos incentivarem os moradores a fazerem a reciclagem e compostagem; regularização das calçadas, sinalização e alterações do sentido das ruas; procedimentos online disponíveis para os síndicos; presença de pragas e controle nos condomínios; podas e plantio de árvores, limpeza de térreos, esgoto; alvarás de construção, reformas, habite-se e plano diretor; regularização fundiária e outros temas também relacionados a assistência social.

Para Elisete Pacheco da Escola do Síndico e organizadora do Evento, “estamos realizando um trabalho diário e eficaz em benefício da categoria dos síndicos, e essa parceria com a Prefeitura possibilitou a abertura de portas para aliviar a carga dos síndicos”. Já o Prefeito Gean Loureiro elogiou a iniciativa do Congresso, “que deu oportunidade aos secretários de apresentarem o que está sendo feito pela atual gestão, como o planejamento urbano com as melhorias na mobilidade urbana, assistência social, e outras ações de interesse coletivo dos que moram em habitações multifamiliares como no caso dos condomínios”.

O Presidente do Secovi de Florianópolis e Tubarão, Fernando Willrich, elogiou o empreendedorismo da Síndica Profissional Elisete Pacheco e coordenadora da Escola do Síndico, e citou “a importância desta iniciativa ter o apoio de entidades representativas em prol do mercado condominial e imobiliário, e contribuir de forma coletiva, para a solução de muitos problemas que são comuns aos condomínios”.

Primeira capital lixo zero do Brasil

Florianópolis pretende ser a primeira capital lixo zero do Brasil. A cidade implantou coleta seletiva há mais de 30 anos e apresenta um dos melhores desempenhos do país em recuperação de resíduos. Para o Presidente da COMCAP – Marcio Luiz Alves os gestores dos condomínios podem conscientizar os moradores a separarem o lixo orgânico do reciclável. “O destino do resíduo é decidido pelo cidadão, dentro da sua casa. É o gerador que escolhe o caminho adequado, separando o resíduo em três frações: orgânico (restos de alimentos e de podas), reciclável seco (papel, plástico, metal e vidro) e rejeito (lixo sanitários e outros materiais para os quais não há ainda mercado de reciclagem).

Hoje, Florianópolis já ganha R$ 6,6 milhões ao ano com os recicláveis que desvia do aterro sanitário. De tudo que é gerado em Florianópolis, por moradores e visitantes, caracteriza o presidente da Comcap, “78% poderiam ser reaproveitados, apenas 22% são rejeito, como lixo sanitário que, de qualquer jeito, terá disposição final em aterro. A meta é que em 2030, a cidade desvie do aterro sanitário 90% dos resíduos orgânicos gerados e 60% dos recicláveis secos”.

Verifique isso

Síndicos e fornecedores participam da 6ª Rodada De Negócios Condominiais em Itajaí

A 6ª Rodada de Negócios Condominiais promovida pela Revista Só Aqui Condomínios bateu recorde de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.