sexta-feira, 15 dezembro 2017
Início / Geral / A cultura da Espuma

A cultura da Espuma

 

A cultura da Espuma

Faz espuma… então limpa melhor! Será?

Você conhece a “cultura da espuma”? Sabia que os brasileiros são os campeões? Como assim?

Num evento para síndicos se discutiam soluções para problemas em comum. Um síndico comentou sobre a espuma que inundava a garagem e ocasionalmente o saguão do prédio, produzida por alguém que usa detergentes de forma desmedida.

Por que exagerar no uso de produtos além das recomendações técnicas? Já pensou sobre isso?

Afinal desperdiçar é jogar dinheiro fora e não produz resultados adequados.

A questão é cultural brasileira. O brasileiro quer carros com suspensão mais dura, xampu com mais espuma, creme de barba que faz “espuma”.

Gabriela Onofre, da Procter & Gamble Brasil, afirmou: “Toda empresa global quer saber o que o consumidor gosta em cada lugar”. E as multinacionais estudam o brasileiro por ser o oitavo mercado mundial.

A Unilever, ao relançar o sabão Lux, tinha duas queixas das consumidoras: era difícil de enxaguar e não fazia espuma direito. Mudaram a fórmula para atender às demandas. “A espuma é uma referência para a mulher brasileira, dá a sensação que o sabão está limpando como deveria”, disse Gabriela Jacob, Gerente de Marketing. “Então foi feito um produto que fizesse espuma na quantidade, na velocidade e no tamanho certo para ela”, afinal, “o consumidor é o juiz”.

O curioso é que, tecnicamente, um produto que faz mais espuma não necessariamente limpa melhor.

A nova consciência ecológica exige repensar a “cultura da espuma”, pois pode ser “espuma perigosa”, poluente. O Planeta passa por momento delicado na questão da água potável, na grande iminência de faltar este recurso precioso.

Uma das maiores preocupações em relação a água, refere-se à poluição da mesma por agentes químicos, como os detergentes que parte dos ingredientes não é biodegradável. Os detergentes têm substâncias redutoras de oxigênio, compostos que fazem a transferência de átomos de oxigênio, sendo um grande problema pois causam danos muito sérios para a vida marinha. A ausência de oxigênio impede o crescimento de plantas e algas pela extinção dos nutrientes que deveriam nutri-las.

Espuma, água doméstica e novas atitudes

Detergentes são produtos que tem ativação quando em contato com a água, criam espuma. A camada de espuma costuma ser grossa e se estender por grandes áreas. Este é um dos sinais de que existe contaminação da água por detergente.

A contaminação pode acontecer de maneira nada higiênica através de água doméstica.  Essa forma de poluição consiste num grave problema atual, uma vez que boa parte das substâncias que acabam nos cursos d’água, são tóxicas. O depósito desses produtos na água faz com que a sua acidez seja elevada devido a presença de elementos como o chumbo que trazem inúmeros prejuízos a saúde das pessoas.

Se faz necessário uma mudança de comportamento, com novas atitudes, posturas e soluções, para reduzir a poluição das águas por agentes químicos. Economia de água, uso de detergentes biodegradáveis, uso de produtos concentrados, cosméticos naturais, consciência de descarte e reaproveitamento do lixo pode e deve ser feito já.

Com visão de responsabilidade e sustentabilidade, a Ekobrazil Inteligência Ecológica, desenvolve produtos biodegradáveis concentrados para higienização residencial, comercial e automotiva. A empresa gaúcha adota o lema: “menos é mais”, oferecendo limpeza adequada com uma quantidade bem menor de produto, ou seja, economia de água, tempo e detergente, afirma Djair Mesquita, Diretor Presidente da Ekobrazil.

Os produtos biodegradáveis Ekobrazil não agridem a natureza e seguem rígidos padrões de qualidade. Todos são desenvolvidos obedecendo quatro pilares de economia: esforço, tempo, recursos naturais (água e embalagens) e dinheiro, proporcionando segurança aos usuários e proteção ao meio ambiente.

Você também pode simplificar seu dia. Adote o lema: “menos é mais” e acabe com a “cultura da espuma” que nada agrega em sua vida e ainda, danifica os ecossistemas. Juntos podemos criar um mundo melhor!  Adote esta ideia. A natureza agradece!

unnamed-7SS

Euclides Colombo

Professor, Coach e Distribuidor Ekobrazil

facebook.com/ekobrazilsantacatarina/

e-mail: ekobrazilsc@gmail.com

WhatsApp 47-999119690

 

 

Verifique isso

site

Itajaí sedia 1º Condo Meeting para profissionais da Classe Condominial

Cerca de 300 síndicos e profissionais da área condominial prestigiaram o 1º Condo Meeting, realizado …

27 comentários

  1. Fantástico artigo.

  2. Olá,

    Gostei do artigo Cultura da Espuma. Adoro os produtos Ekobrazil porque não fazem espuma, são excelentes, econômicos e biodegradáveis, protegem a natureza. Recomendo
    Pedro
    Porto Alegre

  3. Ótima matéria. Me enche de orgulho saber que me livrei dessa cultura da espuma graças aos produtos da Ekobrazil que se preocupa muito com o meio ambiente. PARABÉNS

  4. Realmente as vezes não nos damos conta de como nossos costumes ou hábitos podem destruir a natureza. Mas nós começamos a mudar isso quando conhecemos a Ekobrazil e agora usamos produtos que não agridem a natureza e assim colaboramos na diminuição de espuma.

  5. Está é uma causa que eu defendo, eu utilizo os produtos com inteligência ecológica Ekobrazil, são muito eficientes, limpa com o mínimo de produto e esforço, além de não gerar embalagens e não causa danos a saúde dos usuários. Não a cultura da espuma e sim a cultura ecológica “MENOS É MAIS)

  6. Boa noite, vc já ouviu falar q menos é mais?
    Vc conhece a Ekobrazil inteligência ecológica?
    Nós temos os produtos corretos para este problema da espuma, onde todos nossos produtos são facilitadores de limpeza e ainda são ecologicos!

  7. Uso e recomendo os produtos da ekobrazil,penso que se cada família se conscientizar da diferença que faráfazendo sua parte,isso poderá contribuir para um mundo melhor!!!Unidos somos mais!!!

  8. Entenda a importância que o meio ambiente tem na sua vida e faça sua parte. Eu cuido do meio em que vivo, pois dele eu preciso para viver. Eu também uso os produtos Ekobrazil porque foram desenvolvidos com o propósito de eficiência, economia e ecologia.
    Ekobrazil Inteligência Ecológica trabalha com produtos biodegradáveis de ótima qualidade contribuindo com a Natureza e todos nós! :)

  9. Realmente menos é mais.
    Chega de espuma vamos nos unir em prol de um planeta mais livre de lixo e contaminado por produtos que fazem espuma e não dão o resultado que precisamos. Vamos usar produtos com consciência.Ekobrazil Inteligência Ecológica
    #ficadicamenosémais#

  10. Estou muito feliz por escrever para esta importante revista muito focada na qualidade de vida e melhoria dos condôminos, bem como apoiando causas como a ecologia e a sustentabilidade, cada dia mais importante para o futuro da humanidade. Parabéns!
    Prof. Euclides Colombo

  11. Eu uso Ekobrazil.
    Temos que nos reeducar, e fazer a nossa parte para cuidar da Natureza.

  12. Parabéns Seu Euclides Colombo pela Materia, moro na cidade de Salto, interior de São Paulo e aqui na minha cidade passa um dos rios mais castigado pela espuma no Brasil, o Rio Tietê. Sempre quando chove o rio vira uma nuvem branca, parece m rio de neve de tanta espuma. Hoje eu e minha familia temos essa concientização devido ao trabalho que meu Genro o Renato Soares vem vazendo aqui com os produtos ecologicos e biodegradaveis da Ekobrazil. Uso e rcomendo

  13. Olá Paulo, realmente, até pouco tempo não imaginávamos o quanto a poluição é prejudicial. Felizmente, hoje estamos tendo a consciência de que podemos cuidar melhor da natureza. E as empresas estão fazendo sua parte desenvolvendo produtos biodegradáveis que não agridem a natureza e ainda protegem seus usuários. Parabéns a você e sua família pela atitude e consciência que serve de exemplo. Gratidão por comentar este artigo. Felicidades!

  14. Bom dia.
    Fiquei m uito feliz ao ler seu artigo, por perceber que as pessoas estão tomando consciência dos maleficios causados pela espuma em nossos rios. Fui até procurar uma noticia de alguns meses sobre a espuma no riio Tiete em S.Paulo. Na reportagem uma ambientalista contesta o presidente da SABESP sobre os perigos da espuma:

    A coordenadora de águas da SOS Mata Atlântica, Malu Ribeiro, alerta sobre a falsa ideia de que a declaração do presidente da Sabesp pode causar ao considerar que a espuma é a mesma causada pelos produtos de limpeza.
    Na verdade, segundo a especialista, a espuma é extremamente nociva à saúde e pode causar várias doenças.
    “Ele se baseou no termo científico, técnico da palavra tóxica para dar tal afirmação. Porque, de fato, a espuma não é um material pesado como um mercúrio para ser tóxica, mas é, sim, extremamente nociva à saúde. Pode causar doenças só da pessoa inalar, pode causar ardência na garganta e, no contato direito, a pessoa pode ter problema de pele”, explica. Ela recomenda que as pessoas não se aproximem da espuma.

    Se quiser ver a matéria completa, está no link:
    https://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/noticia/ambientalista-alerta-sobre-riscos-de-espuma-do-rio-tiete-nao-e-toxica-mas-e-nociva-a-saude.ghtml

    Espero que ajude as pessoas a pensar sobre este grave problema.
    Abraços
    Marco Aurélio

  15. Kalinka Orizenco de Mattos

    Parabéns pelo artigo, realmente a desinformação perpertua hábitos nocivos ao meio ambiente e a nós mesmos.
    Melhor ainda saber que existem produtos biodegradáveis e que reduzem a utilização de água.
    O planeta e todos nós precisamos saber e utilizar estas novas tecnologias e produtos.
    Parabéns à Ekobrazil pela inovação e ao Euclides por tão belo texto.
    Gratidão

    • Olá Kalinka,
      Estou muito feliz pelo seu comentário e por saber que a cada dia mais e mais pessoas se conscientizam da necessidade de todos nós utilizarmos produtos que apoiam a ecologia e a sustentabilidade, tão importante para o futuro da humanidade. Parabéns!
      Prof. Euclides Colombo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *